Aguarde, carregando...

Santa Rita do Tocantins investe na capacitação de pequenos agricultores para aumentar a produção da mandioca no município

Dia 21/10/2021

Considerada a mais brasileira das culturas, a mandioca tem, a cada dia, sido explorada por pequenos produtores. Nesse sentido, Santa Rita do Tocantins está entre os principais municípios do Estado com ótima capacidade de produção do tubérculo. Assim, a aposta da prefeitura é investir no aumento do cultivo para alavancar a economia local e gerar renda para a agricultura familiar.

 

A prefeitura tem investido no apoio técnico aos produtores no sentido de melhorar a produção da mandioca, em uma área cedida ao Executivo Municipal no assentamento Lago Verde. Na semana passada, em um dia técnico, a prefeitura capacitou  cerca de 56 pequenos produtores locais quanto as boas práticas agrícolas para a produção da mandioca, controle de ervas daninhas, utilização da mandioca e subprodutos na alimentação animal e o aumento da renda com a produção e boas práticas no beneficiamento da mandioca.

 

Atualmente Santa Rita possui 171,5 hectares de mandioca plantada em todo município e produz cerca de 10 toneladas do tubérculo, por hectare. É nessa área que será desenvolvido um centro de replicamento de mudas, entre mandioca, milho, banana e feijão, para que a agricultura familiar.  A expectativa da prefeitura é que esse projeto seja expandido para todo município.

 

“Temos grande potencial para o aumento da produção da mandioca. Para isso, investimos na capacitação dos produtores desde o manejo do solo à qualidade das manivas. É essa a nossa aposta para nos tornamos município destaque na produção da mandioca e garantirmos renda aos pequenos produtores locais”, destaca a prefeita Neila Moraes.

 

O evento teve como parceiros o Governo do Tocantins, UniCatólica,  Prefeitura de Cariri do Tocantins, Embrapa e o apoio da Associação dos micro e pequenos produtores e produtoras familiares do PA Lago Verde, Associação dos pequenos produtores rurais do Projeto São Judas Tadeu (APRPAST) e da Cooperativa Agroindustrial Sul do Tocantins (Coopersuto).